segunda-feira, 9 de julho de 2012

violão

logo que conheci o joão, me apaixonei, entre outras coisas, pelo fato de ele tocar violão tão bem. no mesmo ano lançaram, na rádio eldorado, um concurso para ganhar um violão igual ao que o gilberto gil tocava na época. mandei umas cinquenta cartinhas. como era proibido um mesmo nome concorrer mais de uma vez, pedi que todos os meus conhecidos enviassem. e um dia, no rádio, escutei: o vencedor do concurso "ganhe o violão de gilberto gil" é noemi jaffe. exultei por ganhar o violão e por ouvir meu nome na voz daquele locutor. o ganhador teria direito ao autógrafo de gil no próprio violão, algo que já nos constrangia só em pensamento. recusamos o autógrafo. o violão também não era lá essas coisas, mas como foi bom.

2 comentários:

  1. a nostalgia é a mais linda poesia.

    ResponderExcluir
  2. Que história gostosa, prof.
    Um beijo sempre com saudades de ouvir você falar,
    Juliana.

    ResponderExcluir